fbpx

Você cultiva a gratidão?

Qual foi a última vez que você agradeceu – verdadeiramente – por alguém e/ou alguma coisa?

Qual foi a última vez que você experimentou um sentimento de gratidão pela sua vida?

Vivemos em uma época em que a rotina é intensa demais. A vida é corrida demais. Temos que dar conta de tudo: academia, trabalho, cursos, eventos, ter tempo pra família e pros amigos, encarar horas no trânsito… E aí a tendência é que as pessoas entrem no piloto automático, e se esqueçam de sonhar, de curtir a sua trajetória, de aproveitar os momentos, de estar presente verdadeiramente, de agradecer pela vida!

É como eu comentei com uma coachee esses dias: nós pensamos que as pessoas/situações/coisas sempre vão estar onde estão. Que os pais sempre vão estar por perto. Que os companheiros sempre vão estar lá no dia seguinte. Que vamos ter um salário na nossa conta do final do mês. Que nossos amigos sempre serão nossos amigos. Que a nossa casa sempre nos receberá no final do dia cansativo de trabalho. E por aí vai.

Meu objetivo não é focar no fato de que nada nessa vida é garantido e que num piscar de olhos tudo pode mudar. Eu quero mesmo é falar sobre gratidão.  De uns tempos pra cá, gratidão virou uma febre, a ponto de muitas pessoas passarem a usar gratidão no lugar de obrigado(a).

Mas gratidão não é simplesmente agradecer por situações ou atitudes agradáveis que acontecem na nossa vida, ou porque alguém quebrou um galho pra você. Acredito que a gratidão seja um estado de espírito, um estado que nos faz ser gratos a tudo que está presente em nossa vida. Ou seja, quem é grato, é grato até quando está na “m”.

De um modo bastante simplista, ser grato é enxergar o copo sempre meio cheio. É saber enxergar os aprendizados de todas as situações, principalmente das difíceis. É saber reconhecer oportunidades em tempos difíceis.

Ser grato é agradecer por ter onde morar, ao invés de reclamar que a casa é pequena.

É agradecer por ter o que comer, ao invés de reclamar que vai comer arroz e feijão pela quinta vez na semana.

É agradecer por estar no conforto do seu carro, ao invés de reclamar que está no trânsito.

É agradecer que tem um trabalho, ao invés de reclamar todos os dias do seu chefe, dos seus colegas, etc.

Ser grato é agradecer e dar valor por cada pequena coisa que nós damos como garantidas! É saber perceber e reconhecer o quanto a sua vida é abençoada por todas as coisas e até mesmo as pessoas que você tem ao seu redor – e que muitas outras pessoas que gostariam de ter não tem!

E pode anotar aí: quanto mais você é grato, mais coisas boas acontecem na sua vida.

Reconhecer o bem que você já tem em sua vida é a base para alcançar a abundância (Eckhart Tolle)

Como cultivar a gratidão

Existem várias formas de você cultivar a gratidão. Seja qual a forma que você escolher, você pode ser mais genérico, agradecendo pela vida, pelo lar, pela saúde, pela família, etc; ou você pode ser mais específico, falando de alguma coisa/situação/pessoa específica que lhe aconteceu:

Se você tem o costume de orar todos os dias, pode aproveitar esse momento para agradecer pelas coisas que tem.

Ou você pode ter o seu Caderno da Gratidão, que é o que eu faço. Todos os dias, antes de dormir, escrevo no meu caderno 3 coisas pelas quais sou grata no meu dia. E vou um pouco além: agradeço também por 3 coisas que ainda vou conquistar (falarei mais sobre isso quando escrever sobre a Lei da Atração). Você pode fazer isso num caderno físico ou pode anotar no bloco de notas do seu celular.

Uma outra forma bacana e divertida de fazer isso é criar um potinho da gratidão. Você pode fazer isso inclusive em família. É só pegar um desses potes de vidro, tipo baleiro, e todos os dias escrever num papel pelo menos uma coisa pela qual você é grato(a) e colocar no pote. Dica: usem papéis coloridos que o pote vai ficar bonitão!

Benefícios da gratidão

Para finalizar, deixo aqui 7 benefícios da gratidão comprovados pela ciência:

  1. A gratidão abre as portas para novos relacionamentos
  2. A gratidão melhora melhora a saúde física
  3. A gratidão melhora a saúde mental
  4. A gratidão aumenta a empatia e reduz a agressividade
  5. Pessoas gratas dormem melhor
  6. A gratidão melhora a autoestima
  7. A gratidão aumenta o equilíbrio mental

E então, bora cultivar a gratidão?

agradecer, agradecimento, caderno da gratidão, gratidão, oração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por Agência BMC