fbpx

Seja um agente de mudanças!

Atenção: usei as eleições apenas para contextualizar uma reflexão. Meu objetivo com esse texto não é de falar de política e/ou defender esse ou aquele candidato.

O que mais tenho ouvido nesse período eleitoral é: chega, queremos mudança!

O que mais me impressiona, no entanto, é o quanto esse discurso está descolado da prática.

É muito, muito fácil, bater no peito e dizer que quer a mudança. Ou ainda apontar para o outro e dizer: você não pode ser assim, você tem que mudar.

Mas é muito difícil parar por alguns minutos, olhar para a sua própria vida, a sua própria trajetória, os seus erros, aquilo que te incomoda, e dizer: chega, EU quero mudar ou chega, EU vou mudar.

Mudanças não acontecem da noite para o dia. Exigem clareza, tempo, dedicação, energia, foco, entre tantas outras coisas.

Mudanças não são impostas. Elas vêm de dentro, para fora.

No caso da nação brasileira, o dentro é a população.

Não adianta dizer que não aguenta mais tanta corrupção se você está cometendo pequenas corrupções no seu dia a dia:

  • Sonega imposto.
  • Faz uma carteirinha de estudante falsa.
  • Faz hora no trabalho.
  • Baixa seriados na internet.
  • Estaciona em vaga de deficiente ou de idoso.
  • Faz um “gato” no sinal da TV a cabo.
  • Compra produtos falsificados.
  • Não declara produtos comprados no exterior, para não pagar impostos.
  • Anda com o veículo no acostamento.
  • Fura fila,

Entre tantos outros exemplos que eu poderia citar por aqui.

Ah, mas eles roubam milhões, não dá pra comparar.

Corrupção é corrupção, não importa se é R$ 1 real ou se é R$ 1 bilhão. E se você colocar todas as suas corrupções na ponta do lápis, pode ter certeza, o impacto é grande!

Eu não estou aqui para julgar essas mini corrupções. Não tenho dúvidas de que eu também já as cometi e/ou cometo.

O meu objetivo aqui é propor uma reflexão, afinal, como eu sempre falo para os meus clientes: nós temos uma parcela de responsabilidade em todas as situações. Não adianta apontar o dedo pro outro e falar que ele precisa mudar. É preciso avaliar qual é a minha parcela de responsabilidade e tomar as ações necessárias.

Portanto, seja você um agente da mudança! Para de colocar nas mãos dos outros a responsabilidade pela mudança. Pare de cobrar dos governantes a mudança. Seja você essa mudança. Faça a sua parte no seu pequeno universo, no seu bairro, no seu trabalho, na sua casa. Mude e instigue as pessoas ao seu redor a mudarem junto com você. E se elas não quiserem mudar, continue fazendo a sua parte, afinal:

O errado é errado mesmo que todo mundo esteja fazendo. O certo é certo mesmo que ninguém esteja fazendo.

Se você quer um Brasil melhor, você precisa ser um cidadão melhor! E pra finalizar, te deixo com uma pergunta: o que você pode fazer para termos um País melhor?

agente de mudanças, autoresponsabilidade, brasil, corrupção, eleições, mudança, país melhor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por Agência BMC