fbpx

Viagem de autoconhecimento

Acabei de ter as férias mais diferentes da minha vida. Foram apenas 10 dias, mas que valeram por 30 (ou até mais). Geralmente, quando saio de férias, já vou direto do escritório para o aeroporto (ou, no máximo, embarco no dia seguinte). A semana antes das férias costumavam ser insanas, para arrumar as coisas para a viagem e deixar tudo em ordem no trabalho.

Mas dessa vez até isso foi diferente. A semana pré-férias foi como qualquer outra semana. Não teve contagem regressiva. As vezes nem me lembrava que estava prestes a sair de férias. Na sexta-feira, consegui sair no horário normal, ativei o meu aviso de férias, desliguei meu celular corporativo e fui pra casa. Na maior tranquilidade.

Essas férias foram dedicadas única e exclusivamente a mim. Não que uma viagem também não seja uma dedicação a mim mesma, mas dessa vez eu tirei férias para olhar para dentro e para a frente.

E essa decisão foi tomada lá no final do ano passado, na hora de fazer a famosa listinha de resoluções. Decidi que esse ano ia me dedicar ao meu propósito de vida e, na véspera do carnaval e, portanto, do meu aniversário, concretizei uma grande vontade e me dei de presente a inscrição em um curso de Coaching.

E, então, do dia 3 ao dia 6 de maio, eu praticamente me internei na instituição em que decidi fazer o curso. Foram 4 dias intensos e insanos. Das 08h30 da manhã até tarde da noite. Eu e mais 80-100 malucos. Tomando uma surra de conhecimento de uma treinadora que é A inspiração em pessoa, com uma energia e uma paixão pelo que faz gigante e contagiante. Tomando vários socos no estômago, olhando profundamente para “dentro”, encarando tudo aquilo que nos incomodava, enfrentando os nossos piores medos e descobrindo todas as crenças que nos impediam de evoluir. Sendo contagiados a cada intervalo pela música Love Generation e pela energia e animação de uma equipe de staff maravilhosa! Foram 4 dias em uma incrível viagem de autoconhecimento.

Não dá pra esgotar tudo o que aconteceu nesses 4 dias em apenas um texto. Mas o que eu posso dizer é que foi a experiência mais significativa e impactante pela qual já passei: saí de lá transformada, empolgada, confiante, querendo aproveitar melhor cada minuto do meu tempo, com mil insights na cabeça e a certeza de que hoje eu tenho pleno conhecimento sobre a minha missão na vida e, principalmente, de que daqui por adiante não passarei um dia na minha vida sem me dedicar a essa missão!

A criação desse blog já é resultado de algumas “fichas” que caíram durante o curso! E quero convidar vocês a me acompanharem nessa jornada que eu agora chamo de Vida Extraordinária! Bora!?

coaching, desenvolvimento humano, missão, propósito, vida extraordinária

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por Agência BMC